terça-feira, 31 de março de 2015

Executando na mente ...


Quando uma pessoa está totalmente na fé, seus pensamentos são ligados 24 horas com Deus.
Ela pode estar até lavando uma louça, mesmo assim, sua mente está em oração.
Ao acordar agradece e pede proteção, ao adormecer simplesmente agradece o maravilhoso dia que teve. 
No momento de suas refeições, dá graça ao alimento que tens no prato.
Simplesmente é uma pessoa vigilante e de oração contínua.

Mas o diabo é muito esperto, observa cada passo que damos, cada coisa que fazemos ou deixamos de fazer e quando ele percebe que em nada você tem dado brecha, ele partirá para a sua arma mortal: a mente! E quando eu digo mortal, me refiro o poder que a mente tem, da vida ou da morte.
Já vimos casos de crime passional, onde um homem mata a sua esposa simplesmente porque sua mente está tomada pelo ciumes, raiva, vingança... ou seja um crime movido pelos sentimentos.
Claro que os sentimentos vem do coração que é enganador, mas o diabo arruma uma brecha para tomar a mente da pessoa e assim o coração planeja, mas a mente executa.

Algumas vozes chegarão devagarinho, sorrateiramente a sua cabeça, no começo você vai amarrar, orar, mas elas não vão parar, parece que quanto mais você ora, mais dialogo você tem com você mesmo.
Se você continuar forte, distrairá sua mente para as coisas de Deus, uma canção espiritual, uma mensagem audiovisual... além de orar para amarrar aquelas vozes interna. 

Jesus resistiu e venceu o diabo no deserto, mesmo ele insistentemente tentando Jesus, porém, o diabo derrubou Eva no paraíso, pois por um instante ela deixou se distrair, começou a conversar e alimentar aquelas vozes do diabo, perdendo assim uma maravilhosa vida pela frente.

Sabe amiga, todas as águas do oceano não podem afundar um navio sequer enquanto seu casco estiver intacto, porém, se um pouco de água entrar em seu interior, já é o começo para um naufrágio.
Trazendo para o lado espiritual, não é diferente.
Aparentemente você pode estar forte, mas se deixar o diabo invadir a sua mente o seu interior, alimentando vozes do mal, então sua queda será iminente.

Para vencer é preciso sacrifícios. Nem sempre é fácil renunciar os desejos da nossa carne, mas os Nascidos de Deus vencem  o mundo.

Na fé, sempre.

segunda-feira, 23 de março de 2015

Se os teus olhos forem maus...


Ninguém nasce com sentimentos ruins, mas com o decorrer da vida, dos tropeços e dores, algumas pessoas ficam mais amargas do que as outras, o que não poderiam acontecer.

É do ser humano invejar a felicidade dos outros, principalmente se ele não é feliz.
Aquele amigo que te dá uns tapinhas nas costas pode ser o mesmo que torce contra você.
E infelizmente a vida é assim, são muitos que não querem te ver bem: Feliz, namorando, casada, mãe, usando boas roupas, tendo uma boa casa para morar, usando um bom automóvel, se destacando pelos grupos a fora, sendo inteligente, rodeada de amigas, etc, etc...

O sentimento de derrota é mais forte que essa pessoa, para larga-la, por isso ela vive tendo maus olhos para tudo e todos.
Todo mundo tem defeito, todo mundo é ruim e só ela é boa e perfeita.
Ela não fica feliz por nada que você tenha.

Alias, cuidado com as  fotos que você posta em suas redes sociais, há muitas pessoas de olho, prova disso é que você tem muito amigos, mas pouquíssimos curtem, mas dá para ver que muitos visualizaram! Estão de olho para verem o que você tem, o que possui, se é realmente feliz... Não fique revelando seus 'tesouros' para ninguém.
há um ditado que diz: Baú aberto, não protege tesouros, já um baú fechado guarda os muito bem.

Os olhos maus fazem a pessoa se remoer por dentro, seus pensamentos seriam: "porque não podia ser eu?, e essa roupa não podia ser minha?, nossa porque só ela é magra?, porque que ela está tão feliz assim?, meu marido também podia ser como o dela?, ah, se eu tivesse o cargo que ela tem?, o marido a deixou?-bem feito?, merece sofrer mesmo!, perdeu?- bem feito era muito metida, Eu tenho autoridade e posso mandar e desmandar, ah se não me obedecerem, Eu vou contar para o meu marido, ou para beltrano e ciclano etc, etc. - Quanto coração ruim! Que coração duro, esse não?

É do ser humano querer deixar o outro para baixo, ou melhor, mais para baixo do que ele. Todo mundo quer ficar por cima, quer status, promoção, mas ninguém quer pagar o preço.

Há um versículo da bíblia que retrata bem isso...

Porém, se teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em absoluta escuridão. Por isso, se a luz que está em ti são trevas, quão tremendas são essas trevas! Servir somente a Deus - Mateus 6:23 

Para quebrar essa maldição, esses pensamentos, estas atitudes egoístas, SOMENTE nascendo de Deus. 
Quem nasce de Deus vence muita coisa, inclusive o mundo. Abandone hoje mesmo esse sentimento mesquinho e ruim. Mude para uma nova vida.

Na fé, sempre!

segunda-feira, 16 de março de 2015

Tudo tem um propósito: Ester

 "Vai, ajunta a todos os judeus que se acharem em Susã, e jejuai por mim, e não comais nem bebais por três dias, nem de dia nem de noite, e eu e as minhas servas também assim jejuaremos. E assim irei ter com o rei, ainda que não seja segundo a lei; e se perecer, pereci." Ester 4:16

 
"Se perecer, pereci - Mas eu vou fazer o que é certo" (Acredito que esse foi o pensamento de Ester)


Você já se perguntou porque Deus a criou? Porque você nasceu nessa família e não em outra? Porque você está casada com esse homem que está bem  ai do seu lado?
Muitas são as perguntas e muitos são os propósitos.

Meditando no Livro de Ester, vemos que mesmo Ester sendo uma mulher bonita e ter ganhado o concurso para ser a nova rainha do Rei Assuero, ela era apenas mais uma mulher dentre as muitas que o Rei tinha, ela sequer podia chegar a sua presença se não fosse convidada, caso contrário poderia ser levada a morte, sem dó e sem piedade e independente do título que ela carregava, a menos que o rei lhe estendesse o seu cetro de ouro (Ester 4:11)

Mas independente de tudo isso, não a impediu de tomar a atitude que fosse certa, mesmo que isso poderia lhe custar a vida. Quando seu primo Mardoqueu lhe contou que Hamã estava tramando a morte de todos os Judeus, não se limitou a ouvir. Levantou-se e fez o que  primo pediu que fizesse. 
Nessas horas podemos imaginar como mulher o turbilhão de pensamento que passou na cabeça daquela jovem moça, mas ela tomou a atitude de ser firme, seu povo, sua descendência dependia dela.

Ela foi falar com o rei, mesmo sabendo das consequências, mas foi. Porém Ester usou a sabedoria que vem de Deus.
Primeiro ela convidou o rei para um jantar, não apenas uma vez - mas duas. Ela deve ter caprichado nas refeições, deve ter abençoado e consagrado cada alimento e depois que o rei estava de estomago bem cheio e satisfeito, o rei estava pronto para lhe conceder praticamente qualquer desejo.
Essa é a diferença da Mulher de Deus, "ela prepara a Terra antes", ela conversa e pede direção a Deus antes, ela pensa e reflete, e com o amor e misericórdia ela vai adiante.

"Qual é a sua petição?E ser-te-á concedida, e qual é o seu desejo? E se fará ainda até a metade do reino" Disse o rei (Ester 5.6)

Uau, que mulher, essa sim havia conquistado de vez o rei.

Mas na verdade Ester o conquistou por sua maneira doce, sincera e sábia de ser. Contou que era Judia e que uma recompensa estava prometida a todo aquele que matasse um judeu.

Através dessa atitude sábia e corajosa, Ester Salvou não a própria vida e a de Mardoqueu, mas também a de um grande número de judeus da Pérsia. E por esta razão Ester é lembrada até o dia de hoje, todos os anos na Festa do Purim.

Da próxima vez que você se perguntar o porque disso e o porque daquilo, releia a história de Ester. Deus a colocou numa posição única (uma das esposas do rei da Pérsia, que era um grande reino), na hora certa (quando os judeus precisavam ser salvos) e no lugar certo (onde Mardoqueu podia ter acesso a ela, para lhe contar as novidades e, ao mesmo tempo, perto do rei) para proteger o seu povo.

A vida de Ester revela um propósito especial do Senhor para ela (Ester 4.14) - e Deus tem um propósito especial para cada uma de nós.

O que Ele está pedindo que você faça hoje? Faça na fé, e Deus irá lhe honrar!

Na fé, sempre.


segunda-feira, 9 de março de 2015

A sua "mala" já está pronta?

Olá queridos leitores, (as)

Quero compartilhar um vídeo que achei muito interessante, ouça e veja o vídeo e deixe o seu comentário, ok?!
Vamos cuidar da nossa alma...
Na fé, sempre!

quinta-feira, 5 de março de 2015

Sendo feliz no amor...


Muitas mulheres de Deus, estão procurando dentro da igreja um homem de Deus para se casar.
Mas a verdade é que estar dentro da igreja não significa nada. Infelizmente há falsos cristãos. E o diabo sabe muito bem disso.
Daí a importância de se relacionar com alguém que seja verdadeiro e também da mesma fé, temente a Deus, para que tudo de certo.
A maior característica de um homem de Deus é o caráter, seguido do Temor a Deus.
Muitas pessoas tem errado no amor, pois tem deixado a ansiedade tomar conta de seu coração e de suas atitudes, o primeiro passo para vencer no amor é ser bem resolvida espiritualmente, é ter Deus em primeiro lugar na sua vida, pois assim você se valorizará e não dará brechas as ansiedades que vier.
Já falamos aqui em um post sobre a ANSIEDADE, e ela tem atrapalhado muitos relacionamentos.
A vida sentimental / conjugal é uma área de suma importância e o diabo sabendo disso ele tem tentado atrapalhar muitos casais, muitos solteiros também, não é atoa que muitos solteiros vivem frustrados no amor, não dão certo com ninguém e quando pensam que está dando tudo certo, logo vem a separação...
É preciso ficar esperto e de olho muito bem aberto quando se envolver com alguém. Observe bem as atitudes com o homem que você quer passar o resto de sua vida, qualquer sinal de perigo referente a sua fé fuja imediatamente, o homem da sua vida, nunca virá para lhe afastar de Deus e sim juntos se unirem mais ainda ao grande Criador.
Priorize a Deus, e Ele lhe honrará na sua vida sentimental. 
Caso queira tratar seu coração, cuidar de forma inteligente da sua vida sentimental, procure participar da TERAPIA DO AMOR, que acontece todas as quintas-feiras em uma Universal mais perto de você.
Fique a vontade para cuidar desta área de sua vida, que merece tanto carinho e atenção


Na fé

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Colecionando papéis de carta...


Vocês já fizeram coleção de alguma coisa quando criança/adolescente?
Eu já!

Não sei se ainda tenho, porque depois que me casei muita coisa minha ficou com a minha amada mãe.
Mas eu tinha uma pasta preta com muitos papéis de carta e quando surgia algum repetido trocava entre as amigas.
Ai que saudade desse tempo! Eram lindos papéis de carta e com cada desenho lindo, e eu morria de dó de usar algum, ficava apenas para coleção mesmo. Sempre passava em uma "barraquinha" perto da escola para comprar algum, era febre!
Depois colecionei figurinhas daquelas de chiclet se eu não me engano, a maioria era do rei leão, alguém lembra? hahaha
Gente, eu não tive uma infâaaaancia como gostaria de ter, porque desde os 11 anos eu já trabalhava para ajudar em casa, mas confesso, era uma infância pura, bonita, sabe? muito diferente do que os dias de hoje, naquela época era tudo muito inocente. E a minha brincadeira favorita quando não era passar horas folheando ou trocando meus lindos papéis de carta, era pular amarelinha ��
♪ ♫ Que tempo bom, que não volta nunca maisssss ♪ ♫ 

Pesquisei alguns papéis de carta no google e vim mostrar para vocês, muitos eram o que eu tinha. Vamos ver?











Deu para relembrar legal da infância né? O que é bom não podemos nos esquecer jamais, já as ruins joga no mar do esquecimento :)
E vocês colecionavam o que?
Deixe seu comentário

Beijooo grande

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Diário de Anita - Porque não ver a realidade? Capítulo 30 - Cada um com a sua própria lição... Final.



O filme que a Mari trouxe era muito bacana, rimos muito, era uma comédia romântica muito legal.
Um tempo depois do filme, Mari foi até a cozinha e nos deixou a sós.
Augusto estava mais tranquilo, mas mesmo assim não conseguimos resolver a nossa questão.

-Então você vai dormir hoje aqui Mari? - Augusto puxou papo
-Sim, e você?- Mari perguntou sorrindo
- Augusto desconversou e preferiu não puxar mais papo.

Enquanto Anita havia ido no toalete, Mari aproveitou para roubar um beijo do namorado de sua melhor amiga

-O que está fazendo menina? Augusto perguntou furioso
-Pára de se fazer de santo vai, a Anita nem está aqui, diz se você não gostou?

Mari não desistia, e para ajudar aquela pendencia de Anita e Augusto só atrapalhava o casal.
Naquela noite eles trocaram beijos e Anita não havia percebido nada.

Anita, preciso ir, está tarde!
-Mas já amor? não vai!

Seguiu em passos fortes Augusto até a porta de saída, e levemente deu um selinho em Anita, despedindo-se ali mesmo.
Um pouco mais a frente Mari lhe envia uma mensagem dizendo "maravilhoso", Augusto no mesmo instante retorna e pede para que ela lhe encontre na segunda esquina a esquerda.

Mari entrou em êxtase e não sabia o que responder, o que diria para a sua amiga, já que marcou de dormir na casa dela, mas ao mesmo tempo não queria perder aquela chance.

Retornou com um "Você ficou louco", mas eu vou, me espera.

Depois de fazer um pouco de hora, Mari inventou uma desculpa qualquer e se despediu de Anita, que ficou sem entender.

Na esquina os dois se encontraram e começaram ali um longo e amargo caminho.

Alguns dias depois...

-Augusto, como vai ficar a Anita, neste nosso relacionamento?
-Mari, não vamos falar da Anita por hora, pode ser?

E assim eles viviam seus encontros as escondidas...
Anita começou a perceber que seu relacionamento não ia nada bem, Augusto já não era mais carinhoso, e nem atencioso, estava ficando cada vez mais ausente e quando Anita o chamava para conversar ele desconversava e o namoro entre eles seguia "normalmente".

Dois meses depois Mari diz para Augusto que está gravida.
Augusto se desespera e a empurra...
 -Como assim grávida, sempre nos protegemos, você só pode estar de brincadeira.
-Augusto é verdade, estou grávida - Falou enfurecida Mari.
-E você é o pai ! e se a gente tá junto eu não quero mais saber de Anita, hoje mesmo você vai conversar com ela e assumir a mim e o seu filho. Ou você quer que eu mesma faça isso?
-Olha aqui Mariane se você disser qualquer coisa, mas qualquer coisa mesmo para a Anita, você vai ver o que vai lhe acontecer.
- O que é isso? ta me ameaçando?
- Se atreva e verás
-E tem mais a partir de hoje, me esqueça, a pior burrada que eu fiz na minha vida, foi me envolver com você.

Mari caiu em prantos, o que iria fazer grávida e largada por Augusto, o que ia ser dela e daquela criança?
Mas ela não iria desistir, não mesmo e muito menos agora.

Augusto desnorteado saiu a vagar pela rua, o que ele havia feito com a sua vida?, não era isso o que ele queria. O que ele iria fazer? E a Anita, como iria ficar nesta história?

Alô Anita, precisamos conversar, é urgente - Diz Mari aos prantos no telefone...
Ao chegar na casa de Anita, Augusto já estava lá...
-Amiga o que aconteceu, você estava chorando?

Augusto e Mari se encaram e Mari desabafa:
-Estou grávida!
-O que? grávida, mas Mari com assim?
-Estou gravida Anita e não sei o que fazer, o pai do meu filho, me abandonou e não quer nos assumir!
-Meu Deus, que horror, mas quem é essa pessoa e agora Mari, o que você vai fazer?!

Anita precisamos conversar? exclamou muito nervoso Augusto!
Mari, olhou para os dois e perguntou :
- O que está acontecendo?
- Mari quem é o pai do seu filho?, quem é o pai?
-Mari só chorava e Augusto dizendo: - Eu posso explicar, eu posso explicar.

Anita caiu aos prantos
-Como assim, vocês me traíram , quando...  Augusto como pode fazer isso comigo e porque?
-Mariane como pode, você era minha amiga, eu sempre tive consideração por você, porque?
-Amor escuta, eu não quero saber dela, eu amo você, me perdoa por favor? - Implorou Augusto.

A mãe de Anita veio para sala, ouviu gritos e choro vindo da de lá  e foi ver o que estava acontecendo...
-Anita abraçou sua mãe em lágrimas e implorava : - Mãe manda eles embora, manda eles embora.

A cena era de muita tristeza, um sonho para cada um dos três haviam se acabado.

Algum tempo depois...

Depois daquele episódio tão triste em minha vida, fui passar um tempo na casa da minha avó para esquecer aquelas pessoas e o que tinham me feito.
Confiei demais em pessoas erradas, não esqueci a situação e nem as pessoas, mas com o tempo aprendi que devia perdoa-los.
Meus amigos da igreja me fizeram ver que Deus não tinha me dado tamanho sofrimento e sim um grande livramento.
Segui minha vida em frente e na fé, ingressei na faculdade e o curso escolhido foi Fisioterapia, comecei a fazer estágio em um hospital conceituado e estava a espera de um novo e verdadeiro amor que viria de Deus.
Eu não tinha pressa e sabeia que na hora certa Deus iria me abençoar, como Ele já estava me abençoando.
Quanto ao Augusto, havia se mudado para uma outra cidade, onde trabalhava como veterinário, por muitas vezes tentou voltar para mim, mas definitivamente eu coloquei um ponto final em nossa história.
A Mari, por infelicidade da vida, havia perdido o bebe por um aborto espontâneo, estava morando com um rapaz muito "tranqueira", tinha um filho pequeno dele e estava levando a vida com muita dificuldade, uma única vez a vi e falei desse Jesus para ela, mas não sei se ela aceitou.
Enfim, nossas vidas tomaram rumos diferente, cada um com sua história e sua própria lição...

Fim






Seguidores