terça-feira, 28 de outubro de 2014



Quem examina cada questão
com cuidado prospera,
e feliz é aquele que confia no Senhor. 
Provérbios 16:20

Quando eu era criança adorava subir no pé de goiaba com meu irmão para comer goiaba, nós éramos muito criança, mas ainda assim me lembro...
As goiabas eram bem amarelinhas, eram doces e suculentas, não gostava dos carocinhos e por isso comia cuidadosamente para não engoli-las.
Até que um dia encontrei um bichinho de goiaba bem na goiaba que havia comido um grande pedaço.
Fiquei traumatizada, e até hoje tenho certo  "nojinho" de comer goiaba, vai que aparece um bichinho, eca!
Mas como amo suco de goiaba, quando faço da própria fruta, examino-a bem, corto bem os pedaços e a examino minuciosamente, se aparecer, sem chances... vai direto para o lixo.

Assim tem de ser no amor. Devemos olhar com cautela, com bastante cuidado, examinar bem a vida daquele que quer 'roubar' o nosso coração.
O amor não é só aparecia, não pode ser como aquela goiaba, linda por fora, mas por dentro com bicho.

Esse bicho no amor é a falta de caráter, um homem sem caráter te fará sofrer, só brincará com seus sentimentos, jamais falará de casamento, tentará te seduzir para que você se entregue a ele, não falará de futuro. Poderá até lhe trair e depois com a cara mais lavada do mundo, dizer que a carne foi fraca e que a culpa foi sua por não se entregar a ele. Ele não se envolve com as coisas de Deus e quando quer lhe fazer carinhos ousados é capaz até dizer versículos da bíblia para lhe confundir dizendo que não é pecado. E que não é bem assim e blá, blá, blá.

Tome muito cuidado. Cuidado com os "bichos de goiaba" que querem lhe tirar da igreja, que só querem te usar, que não querem um verdadeiro compromisso, que querem lhe distanciar de Deus.
Não deixe que sua comunhão, que sua vida seja jogada no lixo. Diante de tantos "tristemunhos", não seja mais uma.
Preserve o que você tem de mais importante. Valorize-se...


Fique bem, fique na fé!

Diário de Anita - Porque não ver a realidade? Capítulo 14 - Um novo recomeço...

 
Passeio na praia
No final de semana fui com os meus pais a nossa casa de praia. 
Tive um final de semana incrível, mas confesso que senti muita falta do Augusto, aquele lugar trazia grandes e lindas recordações de nós dois, mas o que eu podia fazer... 
Aproveitei o lugar para curtir a natureza, eu não fui ali para pensar nele e nem ficar choramingando, eu tinha de ser forte... 

Por algumas vezes o Augusto me ligou, mas eu não quis atende-lo, achei que era melhor assim.Desde a última vez que nos vimos, já se passara quase um mês, ele não cedia,e  eu aprendi que não devo correr atrás, estava deixando rolar. 
Eu acreditava que superaríamos tudo aquilo e que teríamos uma história com final feliz... 

De volta para a casa... 

Segunda feira estava 'braba', estava muito indisposta na última aula, com uma dor de cabeça terrível.Me aproximei da Mari para conversar um pouco, ela tinha amizades com outras meninas e estava ficando pouco do meu lado, confesso que ficava um pouco com ciumes porque éramos muito amigas e não era justo né? 

-Mari, tudo bem?-Tudo sim.-Amiga te fiz alguma coisa?, você está distante!-Impressão sua miga.-Estou estudando muito, deve ser isso.-É pode ser...-Depois da aula vamos a biblioteca, tenho de devolver uns livros.-Vamos sim-Está bem...

Mari não dava trégua para Augusto, ela queria por que queria ficar com ele.Anita era sua amiga, mas nem isso ela pensava, parecia estar apaixonada pelo namorado de sua amiga.Quando mais ela pensava em desistir dessa paixão, mais ela pensava na delicadeza que era aquele rapaz.Ela não conseguia resistir e parecia levar essa história além das consequências. 
 
-Alô Augusto.-Tudo bem?-Só liguei para conversar um pouquinho.-Tem falado com a Nita?-Infelizmente não.-Parece que ela não quer falar comigo.-Que pena!-Você é tão incrível, pena que ela não consiga ver isso.-Olha, conta comigo tá?-O dia que você quiser sair pra se distrair um pouco, me liga, ok?-Ok Mari!-Beijo-Beijo 

Na quarta feira ao sair do colégio, encontro o Augusto no portão.Não sabia o que ele estava fazendo ali, meu coração começou a pulsar tão forte que eu pensei que sairia pela boca. 
 Veio um filme na minha cabeça e todas as lembranças de outras épocas em que ele me buscava no colégio, época que éramos tão felizes e apaixonados. 
Percebi que ele vinha em minha direção.Eu por sinal abaixei a cabeça e fui andando. 
-Anita!Ouço ele me chamar.-Anita, posso falar com você, tem um minuto? 

Que saudades que tinha dele, alguém precisava me segurar, pois eu iria desmaiar. 
-Oi Mari tudo bem?-Oie tudo!-Mari você se importa de esperar um momento?-Claro que não miga, vai lá.... 

-Anita, eu resolvi vir até aqui porque...-Eu sinto a sua falta! 
Nesse momento Augusto pegou em minhas mãos. Ai meu Deus ele vai sentir os tremores em que elas estão!
-Amor, eu quero recomeçar com você, eu fui imbecil, você é especial e...-E... eu vou te esperar, eu quero que você saiba disso.-Eu quero que você saiba que eu vou respeitar a sua decisão, como eu sempre fiz, antes de acontecer tudo isso entre nós...-Mas agora vamos dar uma trégua, vamos esquecer o que passou, vamos começar do zero.-Eu não quero nunca mais me separar de você, eu te amo Anita... eu quero que você saiba disso. Eu quero que muito em breve venhamos nos casar. 

Eu estava em choque, era muita felicidade em  meu peito meu Deus.Ele estava ali, na minha frente dizendo que me amava e que iria respeitar a minha vontade, que queria breve casar-se comigo. 
Augusto me abraçou e eu não disse nenhuma palavra, não sabia o que dizer. 
Posso te levar para a casa, quero aproveitar o horário de almoço. E também quero conversar com seus pais, aliás eles devem querer me ouvir depois de sumir por tantos dias não acha?-Augusto é que eu estou com a Mari...-Se quiser damos uma carona para ela, se esse for o caso...
Aquele era o meu momento...Chamei a Mari e disse que iria embora com o Augusto, se ela queria uma carona, ela disse que não.Ela ficou meio sem reação eu disse depois nos falaríamos... 

No caminho viemos conversando, acho que eu estava mais calma porque estava falando mais...Resolvemos dar uma chance para o amor.Eu tinha a certeza que aquela era uma resposta de Deus. Afinal eu não fui atrás dele, ele é quem percebeu o quanto eu tenho valor e veio atrás consertar as coisas...Eu estava muito feliz e não via hora de chegarmos logo em casa mamãe com certeza estaria lá, mas papai estava no trabalho... 


terça-feira, 21 de outubro de 2014

Saindo do Casulo



Quando verdadeiramente nascemos de Deus e passamos a viver em novidade de vida, fugindo do pecado, então o Senhor desata tudo o que nos prende, nos oprime, nos entristece.
O Senhor nos livra de toda amargura e derrota. Ele nos faz uma nova criatura. E assim nada mais pode nos condenar.
Mas importante perseverar na fé e não deixar o diabo nos atar novamente em todo o sofrimento que outrora tivemos.
Fiquemos na fé e vigilantes amiga. Neste mundo tudo é passageiro e nada pode ter mais valor do que alcançar o Reino dos Céus.

Beijooo 

Diário de Anita - Porque não ver a realidade? Capítulo 13 - Um domingo diferente...


Augusto vai embora da casa de Mari, mas não deixa de pensar nela.
Ela era provocante demais, bem diferente da Anita que era mais recatada. 
Augusto estava dividindo seus pensamentos, ao mesmo tempo que queria saciar seus desejos masculinos, não queria fazer nada para magoar sua amada, pois para ele, Anita era a menina para a vida toda. Mari era apenas diversão, mas este não era o caráter de Augusto.

No colégio 

-Oi Mari,
-Ah, oi Nita!
-Tudo bem? 
-Tudo e você?
-Tudo também!
-Estudou para a prova de sexta?
-Mais ou menos
-Se quiser ir em casa para estudarmos juntas, é só me avisar!
-Ok!

-Nita?
-Hã
-E  você e o Augusto?
-Amiga, não quero mais falar sobre ele.
-Estou deixando o tempo tomar as suas providências...
-Mas você gosta dele né?
-Gostar eu gosto muito, mas ...
-Bom, vamos deixar o Augusto pra lá né?
-Vamos para a aula!

No dia achei a Mari estranha, não sabia se tinha acontecido algo com ela, éramos muito amiga, mas fiquei na minha, se ela quisesse conversar, eu estaria a disposição...

Domingo fui na igreja com a mamãe, não que eu gostasse muito, mas estava me sentindo bem por lá.
Mais uma vez e como sempre! fui convidada a participar do grupo de jovens.
Desta vez aceitei, meio que sem compromisso.
Retornei a tarde ao evento, havia muitos jovens, muita música. Mas o que me marcou mesmo foi a palavra dada.
O pastor falou sobre o namoro cristão, sobre as consequências do pecado e a desvalorização da mulher hoje em dia. Parecia que estava falando comigo.
Fiquei atenta a tudo...
No final, umas jovens pegaram meu telefone, uma delas até estudava na escola comigo, mas eu não conhecia até então. Todo mundo era muito animado e me trataram muito bem.
Mudei meu conceito quanto a igreja e gostei muito daquele meu domingo. Apesar de ainda sentir falta de passar o domingo com o Augusto, mesmo assim eu estava em paz.

Em casa, fiquei pensando no que o pastor falou. Contei tudo para a mamãe, éramos muito amigas, exceto algumas coisinhas que eu não ficava a vontade para conversar com ela. 
Ela ficou super feliz e me disse que eu estava com uma carinha mais animada. Que o grupo me fez muito bem e que eu não devia parar de frequentar.
Realmente, ao me olhar no espelho, me senti forte, bonita e com muito valor.
Resolvi deixar a minha vida nas mão de Deus, decidi não ficar triste, nem ficar pensando ansiosamente no Augusto e também nem iria atrás dele. 
O que tiver que ser será, estava tudo nas mão de Deus...



Desapegando ...


21 ..."Falta uma coisa para você", disse ele. "Vá, venda tudo o que você possui e dê o dinheiro aos pobres, e você terá um tesouro no céu. Depois, venha e siga-me."
22 Diante disso ele ficou abatido e afastou-se triste, porque tinha muitas riquezas.
23 Jesus olhou ao redor e disse aos seus discípulos: "Como é difícil aos ricos entrar no Reino de Deus!"
24 Os discípulos ficaram admirados com essas palavras. Mas Jesus repetiu: "Filhos, como é difícil entrar no Reino de Deus!
28 Então Pedro começou a dizer-lhe: "Nós deixamos tudo para seguir-te".
29 Respondeu Jesus: "Digo a verdade: Ninguém que tenha deixado casa, irmãos, irmãs, mãe, pai, filhos, ou campos, por causa de mim e do evangelho,
30 deixará de receber cem vezes mais, já no tempo presente, casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e campos, e com eles perseguição; e, na era futura, a vida eterna.
Marcos 10: 21-24;28-30

A ganância, o poder e o prazer tem cegado a muitos homens, infelizmente.
Quanto mais tem, mais querem ter... Mais poder, mais status, mais reconhecimento, mais autoridade, mais isso e mais aquilo.
Esta passagem bíblia deixa bem claro. Poucos conseguem enxergar o Reino dos Céus, só enxergam o aqui e o agora, esquecem que todos nós um dia teremos um julgamento..
É dom de Deus que tenhamos do bom e do melhor, que tenhamos visões das grandezas de Deus, por isso Ele nos deixou a promessa que nos daria vida e vida com abundância. 
Mas o amor ao dinheiro, o apego as coisas materiais, a ganância... Isso é pecado e não vem de Deus. 
Quanto mais nos desprendemos, nos desapegamos, quanto mais doamos, mais Deus nos dá. A grandeza Dele é infinita, pense nisso!

Fique bem, fique na fé

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Diário de Anita - Porque não ver a realidade? Capítulo 12 - Lágrimas á vista


Cheguei em casa em lágrimas...
Minha mãe assustada perguntou o que tinha acontecido
A abracei sem dizer nada e só chorava...


-Filha, se acalme. Fale para a sua mãe o que aconteceu?
-Ah mãe, a senhora não entende?
-Mas minha querida, eu posso entender se você me contar!
-É o Augusto mãe. Hoje nos encontramos na Lyon, eu estava com esperança de que voltássemos, mas...
Quanto mais eu falava, mais eu chorava.
-Filha, presta a atenção. Nenhum homem merece as nossas lágrimas, exceto se ela for de felicidade.
-Por isso enxugue essas lágrimas, você tem seus pais que te ama.
-Filha, se este rapaz não a faz feliz e a faz chorar, então ele não é para você.
-As vezes precisamos perder para dar valor na verdadeira liberdade!
Mãe!
-Eu amo o Augusto, eu tenho 17 anos, não sou mais uma menina.
-O que eu sinto por ele, é muito forte, eu não quero perdê-lo, eu não quero mãe!
-Eu já tive a sua idade meu amor e sei muito bem como é essas paixões na adolescência!
-Seu pai foi meu único amor, nós nos casamos e tivemos você que é o nosso maior tesouro.
-Mas eu não quero que você se magoe. Pensa direitinho minha filha, eu sempre vou estar do seu lado. Mas não deixe que homem nenhum lhe faça chorar, você tem muito valor.

Enquanto isso, Augusto toma uma atitude errada...

-Alô Mari
-Alô, quem é?
-É o Augusto!
-Augusto! oiiii
-Que surpresa boa é essa?
-Será que poderíamos conversar?
-Claro!
-Eu posso passar ai na sua casa?
-Claro, pode vir!
-Então até daqui a pouco.
-Tá ok, então!!!
-Beijos

Na Casa da Mari

-Oi Augusto, que surpresa!
-Mas o que aconteceu para você parar aqui em casa?
-Quer dar uma volta?
-Se quiser ficar aqui em casa, eu estou sozinha!
-Tudo bem.
-Ok!então entre por favor...

-Eu estava com a Anita, mas como de costume brigamos.
-Sabe, eu fui na intenção de fazer as pazes, mas ela é muito cabeça dura.
-Eu te entendo!
-A minha amiga é mesmo cabeça dura, mas sei lá, você acha que ela ainda está afim de você?
-Como assim?
-Ah! sei lá...
-Mas antes, ela parecia ser tão apaixonada por você e agora parece que nem liga!
-Ela te falou alguma coisa?
-Tem coisas que eu não posso falar.
-Como o que, por exemplo?
-Ah, Augusto vamos deixar a Nita de lado.

Mari investe cada vez mais...

-Eu fiquei pensando em você depois daquele dia sabia?
-Você é uma pessoa muito especial e merece alguém para lhe fazer feliz.
-Mari por favor!
-Porque é que você veio aqui em casa hein? queria só conversar mesmo ou estava com saudades de mim (risos)
-Acho que já deu né? eu vou embora.
-Calma, mas nem conversamos ainda.

Augusto tenta se desvencilhar...

A Mari estava com uma roupa provocante, eu era homem.
A imagem de Anita vinha em minha cabeça.
O que eu estou fazendo?
Preciso ir embora agora!

Camarão Cremoso - Fase Cruzeiro Dukan


Ingredientes:
  • 15 camarões grandes descascados e limpos
  • 1 Punhado (s) de pimenta cheirosa rosa em bolinhas secas
  • 1 Punhado (s) de Alecrim fresco
  • 2 Colher (es) de sopa de salsinha picada
  • 2 Colher (es) de sopa de cebolinha picada
  • 1 Pitada (s) de sal
  • 1 Pitada (s) de pimenta do reino
  • 1/2 limão
  • 1 Colher (es) de sopa de cream cheese light
  • 1 Colher (es) de sopa de requeijão zero
  • 2 Colher (es) de sopa de creme de leite light

Modo de preparo:
  • Descasque, limpe e lave os camarões. Misture a metade do limão e reserve
  • Coloque todos os temperos e deixe por 10 minutos. Deixe 1 colher de salsa reservada.
  • Enquanto isso, misture em uma tigelinha o Cream Cheese, o requeijão e o creme de leite. Coloque 1 pitada de sal.
  • Esquente a frigideira antiaderente e jogue os camarões lá dentro com todo os temperos. Deixe grelhar dos dois lados. Mais ou menos 10 minutos.
  • Misture na frigideira de camarões o creme da tigelinha. Deixe apenas esquentar.
  • Arrume numa travessa bem bonita e rasa, os camarões e salpique aquela salsa que você deixou reservada. E Tá pronto!!
Bom apetite!

Seguidores